quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

DICAS DE LIVROS E BOA LEITURA



•INVESTIMENTOS, COMO ADMINISTRAR MELHOR SEU DINHEIRO, DE MAURO HALFELD, EDITORA FUNDAMENTO.


• O MILIONÁRIO QUE EXISTE EM VOCÊ, VICTOR ZAREMBA, EDITORA RECORD.


• GUIA ECONÔMICO DE FINANÇAS PESSOAIS, MARA LUQUET, EDITORA GLOBO.


• FAÇA O MÁXIMO COM O DINHEIRO QUE VOCÊ JÁ TEM, CAROL KEEFE, EDITORA CAMPUS

• COMO CUIDAR DE SEU DINHEIRO, COMPILAÇÃO UNIBANCO


• PAI RICO, PAI POBRE, ROBERT KIYOSAKI, EDITORA CAMPUS


• INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, ROBERT KIYOSAKI, EDITORA CAMPUS


• DICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS, CÁSSIA D’AQUINO


• A ENERGIA DO DINHEIRO, GLÓRIA MARIA GARCIA PEREIRA, EDITORA CAMPUS

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

PRIMEIROS PASSOS


Primeiros passos


Poucos brasileiros têm o hábito de colocar no papel suas receitas e despesas. Organizar as contas significa ter real dimensão de sua saúde financeira. Feito isso, você pode ter uma agradável surpresa, e descobrir que tem mais dinheiro do que pensa, ou tomar um baita susto com o tamanho da sua dívida.


Sem um planejamento realista fica difícil reservar algo para investir. Portanto, você deve aprender a organizar sua vida financeira, para descobrir como transformar os sonhos de hoje em uma realidade futura.


Quantas vezes você já teve a sensação de que seu dinheiro simplesmente evaporou?Aquela nota de R$ 50,00 some de sua carteira e você nem lembra como gastou.


A sua previsão, feita no início do mês, de que teria dinheiro sobrando quando terminasse de pagar as contas quase sempre se transforma numa peça de ficção.
Estes são alguns sintomas da falta de planejamento financeiro. Sem planejamento, não há como realizar seus sonhos.


Como montar um orçamento pessoal adequado
Identifique onde vai parar seu salário todo o mês. Para isso, faça uma lista com todas as suas despesas, das maiores até as mais corriqueiras;


Faça uma fotografia detalhada de todas as suas receitas, despesas, dívidas e seus investimentos
Junte a família e juntos avaliem os gastos.
É fundamental que toda a família participe dos seus planos financeiros.
Desta forma, todos ficarão comprometidos com um mesmo objetivo
Faça um orçamento.
Ele deve ser simples, incluindo suas receitas e todas suas despesas. Um orçamento lhe dará exata dimensão de quanto ganha, e principalmente quanto precisa para realizar seus sonhos.


Agora você tem um panorama perfeito sobre sua vida financeira. O próximo passo é escolher o caminho de seus investimentos.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

10 DICAS PARA SAIR DA ARMADILHA DA INADIMPLÊNCIA


1-Seguir as dicas do quadro “Primeiros passos para não cair na armadilha da inadimplência”

2- Se desfaça de um bem, o carro, por exemplo, para eliminar uma dívida.

3- Pratique a avareza. Neste caso não é pecado.

4 -Corte a TV a cabo e o celular, prefira um pré-pago.

5 -Passe um ano sem comprar roupas novas.

6 -Volte a freqüentar o sapateiro da esquina, tire do baú os modelitos que aposentou na última estação.

7- Passe longe dos shopping centers.

8 -Renegocie dívidas, quando nem o corte de despesas não-essenciais resolver o problema. Cuidado para não cair num golpe e não trocar uma dívida por outra.

9- Saia do cheque especial e busque um empréstimo pessoal, mas antes confirme se os juros e as condições são favoráveis. A mesma dica é dada para quem está com dívida no cartão de crédito. Ou procure um empréstimo familiar. Mantenha sempre uma“ficha limpa” com seus familiares e amigos, pagando rigorosamente em dia seus empréstimos. Essa costuma ser a mais barata fonte de crédito.

10 -Adquira o hábito de comprar à vista e adie a compra enquanto não tiver o dinheiro todo. Uma interessante alternativa é buscar comprar bens usados que, geralmente, são muito mais baratos. Livros, eletrodomésticos e móveis podem muito bem ser adquiridos em“segunda-mão”. Nos EUA isso é muito comum até para a classe média.

PRIMEIRA TURMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA



ESSA FOI A MINHA PRIMEIRA TURMA NO PROJAC.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

A INFLUÊNCIA DO MEIO EM QUE VIVEMOS

Segundo os consultores financeiros, o meio em que vivemos exerce uma enorme influência sobre a forma como lidamos com o dinheiro.

Se nossos amigos e colegas de trabalho são consumidores ingênuos, há uma forte tendência em seguirmos o padrão.

Na família, conceitos sobre poupança e investimento passam de pai para filho.

No Brasil ainda há poucos textos sobre finanças pessoais e a maior parte da cultura financeira de uma família ainda é adquirida de uma maneira informal.

Os consultores ressaltam que as pressões da sociedade e pessoas que nos cercam são determinantes.

Nos tornamos consumistas, desejando muitas vezes adotar estilos de vida que não são os nossos, apenas para nos igualarmos a pessoas que admiramos. Os consultores alertam que devemos conhecer perfeitamente nossas limitações e viver de acordo com nossas receitas, o que geralmente não acontece.

INFORMAÇÕES PESQUISADAS NA INTERNET WWW.SERASA.COM.BR

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Flynveste no Mais Você



Quer contratar o Fly Investe? Entre em contato (21) 7834-5142.

O que achou desta matéria? Que dica gostaria de ver aqui? Mande seu comentário!

domingo, 4 de janeiro de 2009

Saiba quem sou e eu e como posso te ajudar

Vagner Meneses Pereira. Esse é o nome do mais novo educador financeiro do mercado brasileiro.

Até aí estaria tudo normal, se não fosse a revelação de que esse Vagner é o Fly, o coreógrafo da Xuxa e do Caldeirão do Huck.
Ele começou dando alguns conselhos para amigos, e a procura foi tão grande, que criou o “Flynveste”, um email gratuito com dicas de finanças, que é enviado diariamente para dezenas de pessoas. E então não parou mais. Ele também dá cursos, aulas e palestras sobre o assunto.


A pergunta é: “O que um coreógrafo está fazendo no ramo de investimentos?”

E a resposta ele mesmo explica: “Eu estava na faculdade de marketing e em uma ótima fase profissional, mas estava gastando mais do que deveria e acabei ficando com algumas dívidas. Existia uma matéria na faculdade chamada “Finanças e Marketing” que era muito complicada e com uma linguagem difícil, mas o professor sabia muito sobre o assunto. Acabei pedindo ajuda para os meus problemas financeiros pessoais e ele me deu o cartão dele. Se meu problema era justamente estar sem dinheiro, eu não podia pagar a consulta dele, por isso, resolvi correr atrás sozinho”.



Após isso, Fly se formou em Marketing e há 10 anos se especializa na área financeira.


O objetivo de Fly é que a pessoa saiba como estar preparado para o mercado financeiro, sabendo assim como lidar com o seu dinheiro. Com isso, ele orienta as pessoas a começarem a pensar no investimento a longo prazo, o principal foco de seu ensino. Para o educador, é apenas dessa forma que se pode fazer o dinheiro aumentar de forma significativa.

Mas se você pensa que vai ver em sala de aula formalidades como siglas difíceis ou terno e gravata, engana-se. Fly ensina tudo de maneira rápida, prática, simples e com muito alto astral, sua maior característica.



Isso tudo, para mostrar que um coreógrafo pode sim fazer parte do ramo dos negócios, do investimento, do dinheiro. Porque ele, melhor do que ninguém, pode fazer uma “coreografia” para aumentar a renda e não deixar ninguém dançar diante de algum problema financeiro.